Ermida de São Pedro

176

Situada em São Pedro, junto à estrada que conduz a Ouguela, na periferia de Campo Maior, a Ermida de São Pedro, de arquitectura pobre, construída essencialmente em taipa, embora com algumas paredes de alvenaria mista e de  cronologia incerta, apresentava um mau estado de conservação.

Composta por um corpo correspondente à zona do altar mor, com telhado de duas águas, conservando alguns elementos muito destruídos (pintura mural representando o seu padroeiro e pormenores decorativos em massa), um outro corpo equivalente à nave, muito alterado, e um terceiro que poderia ser a zona do portal de acesso, à data da intervenção coberto por um telhado de zinco.

Com a integração do Município de Campo Maior no projecto “Por Terras Raianas – Acções sobre o Património”, surgiu a oportunidade de recuperar este templo, esquecido e apagado pelo tempo e acção humana.

Recorrendo a especialistas em restauro de património e contando com o apoio do IPPAR, o Município de Campo Maior encetou todo o processo tendente à sua recuperação no âmbito do projecto “Por Terras Raianas”.

A profunda intervenção consistiu na consolidação dos paramentos existentes e na execução de coberturas assentes sobre estrutura de madeira nas zonas antes com coberturas provisórias, a colocação de um novo pavimento em tijoleira rústica e o aproveitamento de um espaço exterior como zona de acolhimento, em articulação com a recuperação da traça arquitectónica, devolvendo-lhe os elementos decorativos e demais detalhes sacros.

Ao nível do equipamento dispõe agora do mobiliário necessário ao culto religioso. O edifício recebeu ainda arranjos exteriores, enquadrando a sua localização e criando os necessários acessos.

Horário

A Ermida de S. Pedro encontra-se aberta ao público aos fins-de-semana, das 10 às 12 horas e das 18 às 20 horas.

O espaço exterior ao templo abre todos os dias no mesmas horário.